ESPECIAL SPFC – PENTA CAMPEÃO


O São Paulo é bicampeão brasileiro sob o comando do técnico Muricy Ramalho e conquistou o principal título do futebol nacional pela quinta vez (1977, 86, 91, 2006 e 07). O pentacampeão dominou o América-RN do início ao fim do jogo. Criou inúmeras chances de gols, mandou bola no travessão, exigiu boas defesas de Sérvulo e perdeu muitos gols. Venceu por 3 a 0, gols marcados por Hernanes, Miranda e Dagoberto. Animada, a torcida fez a maior festa no Morumbi, gritou olé, o nome do treinador e de todos os jogadores, em especial o do ídolo Rogério Ceni. Para completar a festa, a derrota do rival Corinthians para o Flamengo foi comemorada pelos são-paulinos.O São Paulo volta a campo somente no dia 7 de novembro, às 21h45m, em Caxias do Sul, no Estádio Alfredo Jaconi, para enfrentar o Juventude. Já o América-RN encara o Botafogo, domingo, às 18h10m, no Machadão, em Natal….
….Torcida lembra de Telê
Momentos antes de iniciar a partida, a torcida homenageou Telê Santana, que iniciou a trajetória internacional do clube, com as conquistas do bicampeonato da Libertadores e do Mundial de Clubes em 92 e 93, além de outros inúmeros títulos. Olê, olê, olê…Telê, Telê. O Velho Mestre, no céu, deve ter aberto um sorriso de satisfação.
Em campo, o São Paulo acuou o América na defesa e foi perdendo um gol atrás do outro. Logo no início, Breno, Dagoberto e Jorge Wagner desperdiçaram boas chances para abrir o placar. Aos 12, após falha do Sérvulo, Breno cabeceou para fora. Em seguida, após brilhante jogada de Aloísio, Jorge Wagner falhou na finalização. O mesmo aconteceu com Dagoberto, que invadiu a área e tocou em cima do goleiro.
A pressão tricolor era tamanha que em determinado momento do jogo apenas Rogério Ceni ficou na defesa. Os demais 21 jogadores estavam no campo de defesa do América. Aos 28 minutos, após cobrança de escanteio de Jorge Wagner, Richarlyson cabeceou e Ney Santos salvou em cima da linha.
Sem conseguir furar a retranca do rival na troca de passes, o São Paulo resolveu arriscar chutes de fora da área. E foi assim que Hernanes, aos 38, em belo arremate de longa distância, abriu o placar. Aos 43, em cobrança de falta, Rogério Ceni carimbou o travessão do goleiro Sérvulo.
Na etapa final, logo no primeiro minuto, Jorge Wagner foi lançado por Aloísio, invadiu a área e perdeu gol incrível. Mas o meia se redimiu em seguida, após cobrar escanteio preciso. Miranda, de cabeça, ampliou o placar. Depois, o jogo virou uma festa.
Com a vitória no bolso, o São Paulo passou a tocar a bola para a torcida gritar olé, o nome dos jogadores, de Muricy Ramalho, e novamente de Telê. Os jogadores deixaram de lado a objetividade e partiram para as jogadas de efeito.
A torcida do São Paulo voltou a fazer a maior festa no Morumbi, quando foi anunciado o segundo gol do Flamengo, que virou o placar com o ex-corintiano Roger. Depois, aos 28, Rogério Ceni, cobrando falta, exigiu boa defesa de Sérvulo. E, aos 31, Souza, que havia acabado de entrar, cruzou para Dagoberto, de cabeça, marcar o terceiro gol.

DOWNLOAD

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: